• Olá Visitante, se gosta do forum e pretende contribuir com um donativo para auxiliar nos encargos financeiros inerentes ao alojamento desta plataforma, pode encontrar mais informações sobre os várias formas disponíveis para o fazer no seguinte tópico: leia mais... O seu contributo é importante! Obrigado.

Ciclismo - Volta à Catalunha 2024

benfas69

Administrator
Team GForum
Entrou
Out 5, 2016
Mensagens
58,372
Gostos Recebidos
2,474

Schultz resiste ao ataque de Pogacar e vence primeira etapa na Volta à Catalunha​


img_920x518$2024_03_18_15_52_50_2232642.jpg

Nick Schultz (Israel) resistiu ao feroz ataque de Tadej Pogacar (Emirates) para vencer a primeira etapa da Volta à Catalunha.

O australiano atacou já no último quilómetro, conseguindo algum avanço. Só que a Emirates acelerou e foi por escassos dois metros que Schultz cortou a meta à frente do esloveno.

João Almeida (Emirates) esteve ativo nos últimos 10 quilómetros, impondo um forte ritmo na frente do pelotão. Na meta foi 48.º, com o memso tempo.

A chegada ficou ainda marcada por uma queda a envolver entre outros Egan Bernal (Ineos).

Record
 

benfas69

Administrator
Team GForum
Entrou
Out 5, 2016
Mensagens
58,372
Gostos Recebidos
2,474

Tadej Pogacar já lidera na Catalunha e com João Almeida em quarto​

img_920x518$2024_03_19_16_26_18_2232975.jpg

Tadej Pogacar tomou de assalto a Volta à Catalunha, vencendo isolado a segunda etapa com final numa contagem de categoria especial e num dia de muita chuva e neve na chegada. O esloveno da Emirates passou a ser também o novo líder.

E para o resultado de Pogacar muito contribuiu o trabalho de João Almeida a abrir caminho ao ataque do colega a faltarem 6,5 quilómetros da chegada.

Pogacar venceu com1.22 minutos de vantagem para Mikel Landa (Soudal) e Aleksandr Vlasov (Bora), enquanto João Almeida foi quarto, a 1.35 minutos.

Na classificação geral, Pogacar lidera, com 1.35 minutos sobre Landa e 1.38 para Vlasov, enquanto Almeida é agora quarto, a 1.56 minutos.

A terceira etapa, esta quarta-feira, é mais um percurso de muita montanha, com três contagens, uma de primeira e as duas últimas de categoria especial, uma delas na meta.

A Volta à Catalunha não tem etapa de contarrelógio

Record
 

benfas69

Administrator
Team GForum
Entrou
Out 5, 2016
Mensagens
58,372
Gostos Recebidos
2,474

Pogacar repete triunfo e João Almeida cai para 10.º lugar da geral​

img_920x518$2024_03_20_16_17_13_2233290.jpg

O esloveno Tadej Pogacar (UAE Emirates) estampou esta quarta-feira a sua autoridade na Volta à Catalunha, reforçando a liderança da geral da corrida ao vencer isolado a terceira etapa, no alto de Port Ainé.


Pogacar, que já tinha vencido na montanha da segunda etapa, cumpriu os 176,7 quilómetros entre Sant Joan de Las Abadesses e Port Ainé em 4:34.25 horas, 48 segundos mais rápido do que o espanhol Mikel Landa (Soudal-QuickStep), segundo, e 1.03 minutos do que o italiano Antonio Tiberi (Bahrain-Victorious), terceiro.

Um ataque nos últimos 7.500 metros da subida até à estância de esqui valeu-lhe a vitória sem qualquer contestação, comprovando o domínio que tem sobre o resto do pelotão.

Já vencedor esta época da Strade Bianche, e segundo na primeira etapa desta corrida, o campeão da Volta a França em 2020 e 2021, de 25 anos, parece imparável em terras catalãs.

De resto, o último companheiro de equipa a ficar para trás, depois de um dia a trabalhar em prol de novo 'show' de domínio do líder, foi o português João Almeida, que pagou o esforço com a queda na geral, para 10.º.

Nessas contas, 'Pogi' lidera com farta vantagem, de 2.27 minutos para Landa, segundo, e 2.55 para o russo Aleksandr Vlasov (BORA-hansgrohe).

"Não foi uma vitória fácil. Esta era uma subida muito dura e a muita altitude. Senti muito frio no final, sem tanto oxigénio. Foi muito duro, mas a equipa fez uma boa etapa e estou feliz pela vitória", contou o vencedor da tirada.

Pogacar, de resto, lembrou que até foi Landa que atacou primeiro, aproveitando então para ganhar impulso e "encontrar um bom ritmo até aos últimos dois quilómetros"

Record
 

benfas69

Administrator
Team GForum
Entrou
Out 5, 2016
Mensagens
58,372
Gostos Recebidos
2,474

Marijn van den Berg vence quarta etapa da Volta à Catalunha​

img_920x518$2024_03_21_16_21_47_2233623.jpg

O ciclista holandês Marijn van den Berg (EF Education-Easy Post) venceu esta quinta-feira a quarta etapa da Volta à Catalunha, numa tirada discutida ao sprint que não ameaçou as contas da geral, encimada pelo esloveno Tadej Pogacar (UAE Emirates).

Van Den Berg, de 24 anos, triunfou ao cabo de 3:40.19 horas, necessárias para cumprir 169,2 quilómetros entre Sort e Lérida, à frente do belga Arne Marit (Intermarché-Wanty), segundo, e do letão Emils Liepins (dsm-Firmenich-PostNL), terceiro.

A etapa, mais plana do que as anteriores, com apenas uma montanha categorizada ao longo do traçado, permitiu ao pelotão 'respirar' a meio da corrida, que termina no domingo, e manter intactos os primeiros postos da geral.

Aí, Pogacar é líder mais do que folgado, com 2.27 minutos de vantagem sobre o espanhol Mikel Landa (Soudal-QuickStep), segundo, e 2.55 em relação ao russo Aleksandr Vlasov (BORA-hansgrohe), terceiro.

Na geral, o português João Almeida (UAE Emirates), terceiro em 2022 e 2023, é 10.º classificado, a 3.52 minutos do companheiro de equipa que lidera a prova.
Na sexta-feira, a quinta etapa liga Altafulla a Viladecans, em 167,3 quilómetros ondulantes.

Record
 

benfas69

Administrator
Team GForum
Entrou
Out 5, 2016
Mensagens
58,372
Gostos Recebidos
2,474

Axel Laurance vence ao sprint quinta etapa da Volta à Catalunha​

img_920x518$2024_03_22_17_45_42_2234011.jpg

O ciclista francês Axel Laurance (Alpecin-Deceuninck), campeão mundial sub-23 de fundo, conquistou esta sexta-feira a quinta etapa da Volta à Catalunha, que continua a ser liderada pelo esloveno Tadej Pogacar (UAE Emirates).

O promissor francês, de 22 anos, impôs-se no final dos 167,3 quilómetros entre Altafulla e Viladecans, batendo ao sprint o neerlandês Marijn van den Berg (EF Education-EasyPost) e o compatriota Bryan Coquard (Cofidis), respetivamente segundo e terceiro.

Com as mesmas 3:36.05 horas do vencedor cortou a meta Tadej Pogacar, que manteve a liderança da geral, na qual João Almeida segurou o 10.º lugar.
Numa jornada calma para os homens da geral, o português da UAE Emirates também chegou integrado no grupo da frente, cortando a meta com o mesmo tempo de Laurance.

Assim, Pogacar lidera com 2.27 minutos sobre o espanhol Mikel Landa (Soudal Quick-Step), que é segundo, com o russo Aleksandr Vlasov (BORA-hansgrohe) em terceiro, a 2.55.

Almeida continua a fechar o top 10, a 3.52, após uma jornada em que a única alteração entre os 10 primeiros foi protagonizada por Sepp Kuss (Visma-Lease a Bike), que foi bonificar para ultrapassar Wout Poels (Bahrain Victorious) e subir a sétimo.

No sábado, a sexta etapa é o último verdadeiro teste à liderança de Pogacar, já que os 154,7 quilómetros entre Berga e Queralt incluem uma subida de categoria especial e duas de primeira, a última das quais a coincidir com a meta.

Record
 

benfas69

Administrator
Team GForum
Entrou
Out 5, 2016
Mensagens
58,372
Gostos Recebidos
2,474

Pogacar vence isolado sexta etapa e garante triunfo na Volta à Catalunha​

img_920x518$2024_03_23_20_46_47_2234466.jpg

O ciclista esloveno Tadej Pogacar conquistou este sábado o seu terceiro triunfo nesta semana, ao vencer isolado a sexta etapa da Volta à Catalunha, reforçando a liderança na prova espanhola.

Numa etapa marcadamente de montanha, com cinco subidas nos seus 154 quilómetros, uma de categoria especial, o corredor da UAE Emirates, de 25 anos, construiu a vitória numa dupla aceleração na subida de Sant Isidre (primeira categoria), a cerca de 29 quilómetros da chegada, ganhando perto de um minuto e cortando a meta isolado.

"A subida final foi muito bonita, com tanta gente pelo caminho, mas foi verdadeiramente difícil", afirmou ao Eurosport o duplo vencedor da Volta à França (2020 e 2021), que já tinha vencido na terça-feira e na quarta-feira as duas primeiras etapas de montanha da prova.

Para trás, apenas o colombiano Egan Bernal (Ineos-Grenadiers) e o espanhol Mikel Landa (Soudal Quick-Step) conseguiram limitar as perdas, ao cortarem a linha de chegada com 57 segundos de atraso. Com o segundo lugar, Bernal conseguiu subir ao terceiro lugar da geral, logo atrás de Landa.

Cumprida a etapa de hoje, a derradeira tirada, a ser disputada no domingo num circuito ao redor de Barcelona, servirá para a consagração de Pogacar, que escolheu a prova catalã para preparar o Giro de Itália, o seu principal objetivo neste início de temporada, em que procura se tornar no primeiro corredor, depois de Marco Pantani em 1998, a vencer Giro e Tour no mesmo ano.

Em sétimo lugar na tirada terminou João Almeida, a 2.18 minutos de Pogacar, tendo o português da UAE Emirates subido um lugar na geral, para nono, a 6.23.

Record
 

benfas69

Administrator
Team GForum
Entrou
Out 5, 2016
Mensagens
58,372
Gostos Recebidos
2,474

Pogacar fecha com mais uma vitória na última etapa e conquista Volta à Catalunha​

Português João Almeida assegurou 9.º lugar da geral​

img_920x518$2024_03_24_15_41_20_2234654.jpg

O ciclista esloveno Tadej Pogacar (UAE Emirates) conquistou este domingo a Volta à Catalunha, fechando com mais um triunfo na sétima e última etapa, com colega de equipa João Almeida a terminar em nono na geral.

Pogacar venceu a última etapa, um circuito de 145,3 quilómetros realizado em Barcelona, com o tempo de 03:15.23 horas, superando num sprint em grupo reduzido os franceses Dorian Godon (Decathlon AG2R La Mondiale) e Guillaume Martin (Cofidis), segundo e terceiro na etapa.

O esloveno dominou por completo a Volta à Catalunha, terminando com quatro vitórias em etapas e com o triunfo na geral com 03.41 minutos de vantagem em relação ao espanhol Mikel Landa (Soudal Quick-Step) e 05.03 sobre o colombiano Egan Bernal (INEOS), segundo e terceiro respetivamente.

O português João Almeida, colega de equipa de Pogi, fechou hoje a sétima etapa no grupo principal, no 20.º posto, com o mesmo tempo do vencedor, assegurando o nono lugar da geral, a 06.33 minutos do líder.

Pogacar conquistou ainda camisola dos pontos e a da montanha, deixando apenas a juventude para o francês Lenny Martinez (Groupama-FDJ).

Record
 
Topo