• Olá Visitante, se gosta do forum e pretende contribuir com um donativo para auxiliar nos encargos financeiros inerentes ao alojamento desta plataforma, pode encontrar mais informações sobre os várias formas disponíveis para o fazer no seguinte tópico: leia mais... O seu contributo é importante! Obrigado.

Ciclismo - Volta a Portugal do Futuro 2023

benfas69

Administrator
Team GForum
Entrou
Out 5, 2016
Mensagens
58,195
Gostos Recebidos
2,474
Francesc Bennassar vence primeira etapa da Volta a Portugal do Futuro

img_920x519$2023_06_01_18_18_13_2135862.png

O ciclista espanhol Francesc Bennassar (Futuro High Level-GSport) venceu esta quinta-feira a primeira etapa da Volta a Portugal do Futuro, com o compatriota e colega de equipa Sergi Darder a assumir a liderança da geral.

Francesc Bennassar foi o mais rápido na primeira etapa, que ligou as Caldas da Linha a Pombal, ao longo de 142,4 quilómetros, com Sergi Darder a terminar em segundo, enquanto o britânico Alexander Ball (Maglia Tecnosylva Bembibre) ficou em terceiro.

No entanto, na geral é Sergi Darder que lidera, devido às bonificações conseguidas ao longo da etapa, com uma vantagem de um segundo sobre Francesc Bennassar e de oito segundos sobre Alexander Ball.
A segunda etapa realiza-se na sexta-feira, com uma ligação de 140,7 quilómetros entre Figueiró dos Vinhos e Castelo Branco.

Record
 

benfas69

Administrator
Team GForum
Entrou
Out 5, 2016
Mensagens
58,195
Gostos Recebidos
2,474
Volta a Portugal do Futuro: Britânico Owen Lightfoot vencedor em Castelo Branco

voltaportugalfuturodr.JPG

Faltou estofo e provavelmente pernas a uma fuga de cinco ciclistas que poderiam ter revolucionado a classificação geral no final da 2.ª etapa da Volta a Portugal do Futuro, percorrida entre Figueiró do Vinhos e Castelo Branco na distância de 140, km. Feitas as contas as alterações são diminutas, com o espanhol Sergi Darder Gari (High Level Gsport) a manter a camisola amarela, com a vantagem de 2 s para o seu companheiro de equipa Francesc Bennassar Rossello, João Silva (Kelly-Simoldes em 4.º lugar é o melhor português com mais 11 s que o primeiro.

Num percurso que apresentava três contagens de montanha, a fuga de François Vie (Credibom), Pedro Pinto (Fonte Nova), Jorge Garcia (Supermercados Froiz), Javier Ceballos (Bicicletas Extremadura) e Owen Thomas (Maglia Tecnosylvia), parecia ter condições para marcar a diferença, quando a 40 km da meta a vantagem para o pelotão se cifrava em 6,40 m.

Com Ceballos a descolar devido a dificuldades físicas, os quatro companheiros de aventura foram perdendo tempo e principalmente fôlego, com o pelotão a reduzir vertiginosamente a diferença que a 6 km da meta se encontrava em 2,10 m. Na entrada do último quilómetro, os fugitivos apenas tinham um minuto, para na meta a diferença para o pelotão onde se encontrava o camisola amarela ser de 51 segundos, tempo que permite a Sergi Darder (High Level Gsport) manter o primeiro lugar na geral.

Fica a dúvida se faltou entendimento aos fugitivos que perderam tempo na parte mais plana, ou se o pelotão puxou dos galões e colocou mais um andamento na perseguição, que acabou por manter o domínio dos espanhóis com o britânico Owen Thomas Lightfoot a vencer de forma convincente.

Os melhores portugueses na geral são João Silva (Kelly) em 4.º lugar com mais 11 s, seguido de Diogo Narciso (Credibom) a 12 s, Pedro Pinto (Fonte Nova) é o líder do prémio da montanha em igualdade de pontos com Diogo Saleiro (Fonte Nova), por equipas a Credibom-LA Alumínios-Marcos Car ocupa a 4.ª posição com mais 1,11 m.

A corrida deverá ficar sentenciada na etapa de sábado entre Sernancelhe e o Alto de S. Macário em S. Pedro do Sul com 127,5 km, que inclui duas contagens de montanha de 3.ª cat. e uma de 1.ª cat. na meta, no final da subida com 9 km que apresenta rampas bastante duras, nas quais a vantagem vai para os trepadores. Entre os 15 primeiros da geral encontram-se cinco portugueses, 4.º João Silva (KSU) a 11 s, 5.º Diogo Narciso (LAA) a 12 s, 11.º Françoise Vie (LAA) a 27 s, 12.º Pedro Pinto (FNF) a 29 s e 14.º Duarte Domingues (GCT) a 1,19 m.

CLASSIFICAÇÕES

2.ª ETAPA
FIGUEIRÓ DOS VINHOS-CASTELO BRANCO 140,7 KM
1.º Owen Lightfoot (Gbr/Maglia Tecnosylvia) 3.28.11 h à média de 40,551 km/h
2.º François Vie (Por/Credibom) a 2 s
3.º Pedro Pinto (Por/Fonte Nova) mt
4.º Jorge Garcia Nuñez (Esp/Supermercados Froiz) mt
5.º Sergi Darder Gari (Esp/High Level) a 51 s
6.º Diogo Narciso (Por/LAA) mt
7.º Francesc Bennassar (Esp/High Level) mt
8.º Álvaro Navas Marchal (Esp/Supermercados Froiz) mt
9.º João Silva (Por/Kelly Simoldes-UDO) mt
10.º Tiago Ferreira (Por/Portos Windmob) mt

GERAL
1.º Sergi Darder Gari (Esp/GRP) 6.55,13 h
2.º Francesco Bennassar (Esp/GRP) a 2 s
3.º Alexander Finlay Ball (Esc/MTB) a 9 s
4.º João Silva (Por/KSU) a 11 s
5.º Diogo Narciso (Por/Credibom) a 12 s
6.º Christopher Morales Fontán (Ptr/MBT) a 13 s
7.º Daniel Jimenez Martinez (Esp/FRO) mt
8.º Miguel Anton Ortiz (Esp/BRE) mt
9.º Martin Barrero Lopez (Esp/RIA) a 17 s
10.º Owen Thomas Lightfoot (Gbr/MBT) a 19 s

A bola
 

benfas69

Administrator
Team GForum
Entrou
Out 5, 2016
Mensagens
58,195
Gostos Recebidos
2,474
João Silva novo camisola amarela na Volta do Futuro

JoaoSilvaDR.jpg

A subida para o Alto de S. Macário foi determinante para provocar uma revolução na classificação geral, no final da 3.ª etapa da Volta a Portugal do Futuro, percorrida entre Sernancelhe e S. Pedro do Sul (Alto de S. Macário), na distância de 127,5 km. João Silva (Kelly-Simoldes-UDO) é o novo camisola amarela com a vantagem de 9 s para Vicente Rojas Naranjo (Supermercados Froiz) e 10 s para Daniel Jiménez Martinez (Supermercados Froiz).

Com três contagens de montanha, duas de 3.ª cat. e a ultima na meta de 1.ª cat., a etapa viveu de vários cenários que foram surgindo ao longo da corrida. Dois ciclistas deram nas vistas, no primeiro terço da etapa Diogo Narciso (Credibom-LA Alumínios) andou na frente da corrida, mas acabou neutralizado com o pelotão compacto quando estavam percorridos 50 km. Aos 85 km, 17 corredores registavam uma ligeira diferença para o pelotão, para quando estavam percorridos 95 km e devido a vários ataques, o pelotão fragmentou-se e formaram-se vários grupos.

Cláudio Leal (Porminho) foi o segundo ciclista a evidenciar-se, depois de se isolar e passar com a vantagem de 40 s para um grupo perseguidor de 14 unidades na meta volante em S. Pedro do Sul. A diferença no início da subida com 9 km para S. Macário cifrava-se em 1,20 m, depois do pelotão ter absorvido um grupo de 14 ciclistas e mais adiante Cláudio Leal também não resistiu. Os ataques e contra ataques sucederam-se ao longo da subida, com Adrian Benito (Bicicletas Extremadura), Alexandre Montez (Credibom), Duarte Domingues (Glassdrive) e Vicente Naranjo (Supermercados Froiz) a ganharem espaço para o grupo perseguidor. Com Benito Gonzalez a descolar dentro do ultimo quilómetro, os restantes decidiram a vitória na etapa com o espanhol Vicente Rojas Naranjo a impor-se pela diferença de 4 s para Duarte Domingues (Glassdrive) e de 21 s para Alexandre Montez (Credibom).

João Silva (Kelly-Simoldes-UDO) que cortou a meta em 5.º lugar com mais 52 s que o vencedor, conquistou a camisola amarela com que vai partir para a última etapa no domingo entre Murtosa e Águeda na extensão de 136 km, em que a principal dificuldade orográfica reside na tripla passagem por Belazaima do Chão de 3.ª cat. As atenções estão no entanto direcionadas paras as bonificações em três metas volantes nas três passagens pela meta e as bonificações no final da etapa, pelas quais os espanhóis tentarão chegar ao primeiro lugar. A Kelly-Simoldes-Udo, apenas alinhou com três ciclistas, João Silva, Duarte Mixão e Noah Campos, vai tentar resistir ao assalto à geral na ultima etapa. «Não vamos ter tarefa fácil, é evidente que vamos dar tudo para que o João Silva consiga chegar ao fim de amarelo, porque sinceramente não vínhamos com grandes aspirações face ao poderio das equipas espanholas que é bastante notório e apenas dispormos de três ciclistas.

A regularidade do João Silva nas duas primeiras etapas colocou-o entre os melhores e na etapa de hoje voltou a estar na discussão dos primeiros lugares. Reconheço que vamos ter uma missão difícil mas não é impossível voltarmos a vencer a Volta a Portugal do Futuro», declarou o diretor desportivo, Manuel Correia.

CLASSIFICAÇÕES

3.ª ETAPA
SERNANCELHE-ALTO DE S. MACÁRIO 127,5 KM
1.º Vicente Rojas Naranjo (Esp/Supermercados Froiz) 3.29.53 h
à média de 36,449 km/h
2.º Duarte Domingues (Por/Glassdrive-Q8-Anicolor) a 4 s
3.º Alexandre Montez (Por/Credibom-LA Alumínios) a 21 s
4.º Adrian Benito Gonzalez (Esp/Bicicletas Rodriguez) a 30 s
5.º João Silva (Por/Kelly Simoldes) a 52 s
6.º Martin Barrero López (Esp/Rias Baixas) a 1,00 m
7.º Daniel Jiménez Martinez (Esp/Supermercados Froiz) mt
8.º Sérgio Quevedo López (Esp/Rias Baixas) mt
9.º Pelayo Alonso Feiro (Esp/Rias Baixas) mt
10.º Elkin Stiven Malaver Robles (Col/Maglia Tecosylvia) a 1,10 m

GERAL
1.º João Silva (Por/Kelly-Simoldes) 10.26,09 h
2.º Vicente Rojas Naranjo (Esp/Supermercados Froiz) a 9 s
3.º Daniel Jiménez Martinez (Esp/Supermercados Froiz) a 10 s
4.º Duarte Domingues (Por/Glassdrive-Q8 -Anicolor) a 14 s
5.º Martin Barrero López (Esp/Rias Baixas) mt
6.º Alexandre Montez (Por(Credibom-LA Alumínios) a 36 s
7.º Adrian Benito Gonzalez (Esp/Bicicletas Rodriguez) a 49 s
8.º Pelayo Alonso Feiro (Esp/Rias Baixas) a 1,19 m
9.º Elkin Stiven Malaver Robles (Col/Maglia Tecnosylvia) a 1,29 m
10.º Andrés Taboada Rodriguez (Esp/Supermercados Froiz) a 1,41 m

A bola
 

benfas69

Administrator
Team GForum
Entrou
Out 5, 2016
Mensagens
58,195
Gostos Recebidos
2,474
João Silva vencedor da Volta do Futuro


pod23.jpg

João Silva (Kelly-Simoldes-UDO) sagrou-se este domingo vencedor da Volta a Portugal do Futuro, seguido do colombiano Vicente Rojas Naranjo (Supermercados Froiz), a 9 segundos, e do espanhol Daniel Jimenez Martinez (Supermercados Froiz), terceiro classificado, com mais 10 segundos do que o vencedor.

A 4.ª e última etapa, entre Murtosa e Águeda, na distância de 136 km, foi muito tática por parte de Manuel Correia, diretor desportivo da Kelly-Simoldes-UDO: dada a pouca diferença para o segundo e terceiro classificados, tinha nas bonificações uma situação que teria de ser trabalhada pela equipa, que apenas dispunha de três corredores.

A fuga de 15 ciclistas foi importante no plano estratégico, que permitiu ‘queimar’ as bonificações nas metas volantes e na meta.
A diferença dos fugitivos para o pelotão, que se cifrou em 1m45s na ultima das três voltas ao circuito, dava alguma margem para que pudessem atingir a meta em Águeda.

O ataque, a 2 km da meta, de Tiano Silva (SM Feira-Segmento d’Época), foi decisivo para chegar à vitória com a diferença de 3 segundos para o grupo perseguidor, liderado por Diogo Saleiro (Fonte Nova). O pelotão, onde se encontrava o camisola amarela, João Silva, e os seus adversários mais diretos, gastou mais 50 segundos.

Diogo Saleiro (Fonte Nova) venceu a Montanha, Owen Thomas Lightfoot (Tcnosylva) os Pontos, Duarte Domingues (Glassdrive) a Juventude e os Supermercados Froiz por Equipas.

CLASSIFICAÇÕES
4.ª ETAPA, MURTOSA-ÁGUEDA, 136 KM

1.º Tiano Silva (Por/SM Feira-Segmento d’Época) 3.09.33 h, à média de 43,334 km/h
2.º Diogo Saleiro (Por/Fonte Nova) a 3 segundos
3.º Tiago Ferreira (Por/Portos-Windmob) m.t.
4.º João Macedo (Por/Credibom-LA Alumínios) m.t.
5.º Óscar Garcia Navarro (Esp/Essax) m.t.
6.º Álvaro López Llorente (Esp/Bicicletas Rodriguez) m.t.
7.º Pablo Garcia Gonzalez (Esp/High Level) m.t.
8.º Cristian Aliaga Alberola (Esp/Essax) m.t.
9.º Eder Izcara Rodriguez (Esp/Zamora Enamora) m.t.
10.º Owen Thomas Lightfoot (Gbr/Maglia Tecnosylva) m.t.

GERAL
1.º João Silva (Por/Kelly-Simoldes), 13.36,35 h
2.º Vicente Rojas Naranjo (Esp/Supermercados Froiz), a 9 segundos
3.º Daniel Jiménez Martinez (Esp/Supermercados Froiz), a 10 segundos
4.º Duarte Domingues (Por/Glassdrive-Q8 -Anicolor) a 14 s
5.º Martin Barrero López (Esp/Rias Baixas) m.t.
6.º Alexandre Montez (Por(Credibom-LA Alumínios) a 36 s
7.º Adrian Benito Gonzalez (Esp/Bicicletas Rodriguez) a 49 s
8.º Pelayo Alonso Feito (Esp/Rias Baixas) a 1m19s
9.º Elkin Stiven Malaver Robles (Col/Maglia Tecnosylva) a 1m27s
10.º Andrés Taboada Rodriguez (Esp/Supermercados Froiz) a 1m41s

A Bola
 
Topo